GRUPOS DE TRABALHO

GRUPO DE TRABALHO - ECOS


ECOS

Grupo de estudo, leitura, discussão e a Clínica dos Primórdios

"Diálogos entre o pensamento do psicanalista Victor Guerra e o de seus interlocutores"

 

Neste grupo de trabalhos clínico-teóricos partiremos da contribuição que a psicanálise pode dar trazendo uma outra perspectiva sobre as ditas "patologias" da Primeiríssima Infância. Nossa proposta é trabalhar com os conceitos de Victor Guerra, muito bem acompanhado de seus interlocutores - colegas e também autores -,  para o entendimento teórico e suas consequentes possibilidades de um trabalho clínico calcado na compreensão de seu conceito/diagnóstico psicanalítico nomeado "Transtornos da Subjetivação Arcaica". Considerando o trabalho clínico com a infância, essa nomeação aponta caminhos de intervenção que se propõem a evitar a profusão de "rótulos" muito atuais em casos de crianças precocemente diagnosticadas e muitas vezes medicadas como TEA - Transtorno do Espectro Autista, TDHA - Transtorno e Déficit de Atenção e Hiperatividade p.ex. sem contar os mais recentes: Distúrbios de Sono e de Alimentação/Refluxo em bebês e crianças muito pequenas.

 

Nosso Grupo de Trabalho, apelidado por nós de ECOS, apresenta-se como um convite àqueles que se interessam pelo tempo dos Primórdios - que inclui, na clínica do adulto, assim como na do adolescente e da criança, os "bebês" de cada um, que se fazem presentes e vêm fazer ruídos nas cenas clínicas, demandando da parte do analista um pôr-se à escuta disso que (não) se diz. Também convidamos ao diálogo tudo aquilo que ainda ecoa das palavras, conceitos e discussões clínicas com Victor Guerra, trabalhando ao longo dos nossos encontros mensais os textos e filmes do psicanalista e de outros que nos foram indicados por ele - como lhe diz Edmundo Gomez Mango, em comunicação pessoal, é o "UR freudiano, o tema originário, o arcaico, o primordial que se superpõe e se discriminam estes conceitos e palavras" (tradução livre). Trata-se do termo freudiano das origens, marcado pelo prefixo alemão UR, que significa o início, a ancestralidade, o da primeira linhagem usado por Freud desde o início da construção de sua obra inaugural - a Psicanálise.

 

O ECOS propõe-se a acolher todos os que se interessam pela Clínica dos Primórdios e/ou pelo Complexo do Arcaico. Ou, ainda, aqueles que se interessam pelos autores: Anne Brun, A. Ciccone, A. Konicheckis, Anne Alvarez, B. Golse, D. Marcelli, D. Stern, D. Winnicott, G. Haag Gomez Mango, J. Pontalis, L. Kreisler, M. Boubli, T. Ogden S. Lebovici, S. Myssonier, R. Roussillon, F. Tustin, S. Resnik, Trevarthen, além de outros autores - nacionais e estrangeiros  - que não nomeamos aqui mas que serão lembrados e estudados ao longo dos nossos encontros.

 

Encontros: Mensais, sempre às quartas 3as-feira das 20h00 às 22h00 - SALA 86
 
Atuais integrantes:
 
Vagas Disponíveis: inicialmente temos a intenção de aceitar a todos os profissionais que se interessarem pelas trocas no ECOS.


Interlocutoras: Carla B. Metzner e Elô Lacerda

Articuladora da Área de Formação Contínua: Cristina Maria Elena Herrera

 

Atividades Internas (Sala e datas das reuniões).  



 


 

   
Departamento de Psicanálise - Sedes Sapientiae
Rua Ministro Godoi, 1484 - 05015-900 - Perdizes - São Paulo - Tel:(11) 3866-2753
As informações deste site podem ser utilizadas desde que incluídos os créditos ao Depto de Psicanálise e aos seus autores.
id11162018210341000000000000