Reunidas a partir da grande incidência de nascimentos de gêmeos na contemporaneidade, Ada Morgenstern, Adela S. Gueller e Márcia P. Ferreira, membros do Departamento e professoras do curso de especialização Psicanálise da Criança, constituíram, em junho de 2010, um novo grupo no setor Clínica e Pesquisa, com o nome de Gemelaridade e reprodução assistida: novos desafios para a psicanálise.

Questões como a medicalização do desejo de ter filhos, a elaboração que se faz necessária da equivalência falo-bebê no investimento materno quando é mais de uma criança que nasce, a constituição da subjetividade de crianças gêmeas, as particularidades da função fraterna e paterna, e outras que surgem a partir dessa clínica, são alguns dos temas sobre os quais pesquisam.

Constituído inicialmente como um grupo fechado, e assim funcionando dessa forma até os dias de hoje, está composto, desde 2012, somente por Ada e Adela, que se reúnem quinzenalmente  para discutir, estudar e produzir material. A proposta é levar essa produção para diferentes espaços, tanto internos quanto externos ao Departamento, tais como jornadas, congressos de psicanálise, palestras, trabalhos com escolas, bem como produzir  artigos para revistas especializadas.

Share →

    departamento psicanálise com crianças | instituto sedes sapientiae
rua ministro godoi, 1484, perdizes, são paulo, 05015- 900 | fone: (11) 3866-2730 | e-mail: psicanalisedacrianca.sedes@gmail.com

as informações deste site podem ser utilizadas desde que incluídos os créditos ao departamento psicanálise com crianças e seus autores.
website por alice shintani